1987


Logo aprendemos a ver a Terra de "cabeça para baixo"

Fizemos também vôo por instrumento, vôo noturno, formatura quatro aviões e as viagens pelo Brasil. Era hora de conhecermos a Força Aérea onde, em breve, desempenharíamos nossas novas funções. Parecia inacreditável, mas quando demos por nós fazíamos como cadetes nosso último pouso no "Tucano", avião que aprendemos a voar, a amar e, principalmente, a respeitar O que era sonho tornou-se realidade: estávamos prontos para receber o "brevê" de piloto militar, o máximo para o aviador.



OFICIAIS INSTRUTORES DE VÔO

Em pé: Ten Fleming, Maj Tozelli, Ten Paggiaro, Maj P. Miranda, Cap Lobato, Ten Almir, Cap Celso, Cap A. Coelho, Cap P. Neves, Maj Pertusi, Maj Ávila, Cap Coleho, Cap Balthazar, Maj Franco, Cel Fonseca, Ten Cel Rosalvo, Maj Mendonça, Cap Giunti, Maj Campos, Ten Cláudio, Ten Dantas, Cap Stevanato, Cap Jurandir, Cap Romualdo, Cap P. Sérgio, Ten Valle, Ten Fernando, Cap César, Cap Walter, Cap F. César, Cap Olegário, Cap C. Eduardo, Ten Guilherme;

 

Agachados: Maj Amauri, Cap Gusman, Cap Bacci, Cap Ramos, Ten Santarosa, Cap Villaça, Cap Bombini, Maj Moraes, Cap Cavalcante, Ten Todesco, Cap Leão, Cap Herbster, Ten Glaeser, Cap Leite, Cap Augusto, Cap Osny, Cap Humberto, Ten Canonici, Ten Latorre, Ten Dieter e Ten Luz

No final do curso, tínhamos o Tucano em nossas mãos

Maj Av Franco - Cmt 1º EIA



|

Turma Águia | Esquadrilha | Senta a Pua | www.davi.ws | ITA 96
Última atualização: novembro de 2008

Atenção: este site não guarda vínculo oficial com a FAB
Para informações, visite www.fab.mil.br